Adele e Saturday Night Life criticados por esboço de turismo sexual em África

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O programa de TV Saturday Night Live, do canal americano NBC, está a enfrentar uma reacção contra um esboço em que Adele, Kate McKinnon e Heidi Gardner interpretam divorciadas brancas a desejar homens africanos. A esquete, que pretende zombar do turismo sexual, mostra o trio a encorajar os visitantes a ir a África, gabando-se repetidamente dos seus “homens tribais” e  dos “pénis enormes”, enquanto figurantes negros carregam mulheres por uma praia ao fundo.

Comentaristas nas redes sociais acusaram o esboço de propagar estereótipos sobre a “fetichização” dos homens negros, e alguns disseram que foi inoportuno, dada a sua exibição durante os protestos EndSARS ocorridos na Nigéria.

“Aquela esquete de África foi definida no tom insensível e inapropriado”, escreveu Shenequa Golding, jornalista do site de notícias R&B Vibe, no Twitter. “Homens e mulheres na Nigéria, Namíbia, África do Sul e República Democrática do Congo estão a lutar pelas suas vidas e reduzir o continente como destino sexual para mulheres brancas é vergonhoso.” O apresentador da MTV, Dometi Pongo, acrescentou: “Se você vai tentar tocar nisso, tem que ser um pouco mais inteligente e com mais nuances ou nem mesmo tocar. Não (agora).”

Adele, que apresentou o quarto episódio da actual temporada do programa no sábado, quebrou o personagem e caiu na gargalhada várias vezes durante a cena. O falso turismo comercial descreve África como “o destino número um para divorciadas de uma certa idade” e apresenta o personagem de McKinnon repetidamente a se gabar dos “homens tribais altos do continente”. As três descrevem como foram acolhidas por tribos após o divórcio, usando um jogo de palavras sugestivo para encorajar outras mulheres a se mudarem para África. Durante a sua apresentação musical no mesmo episódio, a banda da cantora H.E.R. usava camisolas com o slogan #ENDSARS, em solidariedade aos manifestantes da Nigéria contra a brutalidade policial e a notória unidade policial do Esquadrão Especial Anti-Roubo do país.

A CNN entrou em contato com a NBC Universal para comentar. Um representante de Adele não quis comentar. Adele, que se acredita estar a trabalhar no seu quarto álbum discográfico, enfrentou polémica em Agosto depois de ter postado uma foto sua no Instagram usando nós Bantu, um top de biquíni com bandeira da Jamaica e outras roupas de carnaval populares nas culturas afro-caribenhas. A cantora estava a comemorar o que teria sido o carnaval de Notting Hill, o segundo maior carnaval do mundo, que geralmente acontece nas ruas do oeste de Londres todos os verões, mas foi cancelado este ano devido à pandemia do Coronavírus.

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês