ÁFRICA DE MALAS FEITAS PARA O METAVERSO COM A UBUNTULAND

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

África deu mais um grande passo rumo ao futuro, com a sua entrada no Metaverso, com a recém-criada “Ubuntuland”.

Ubuntuland, disse na Segunda-feira, que é um “metaverso com tema afro único”.

“Ele permite que os nossos parceiros acessem uma rede global através de tecnologia social projectada para remover fronteiras terrestres e abrir comércio, colaboração e parcerias regionais ou globais.

“Ubuntuland mostrará alguns dos melhores da arte africana, moda, entretenimento, desporto, tecnologia e criatividade e fornecerá uma plataforma para artistas de todo o continente mostrarem o seu trabalho”, disse.

Ubuntuland está a ser desenvolvido pela Mann Made Media e estará aberto à venda de terrenos públicos ainda este ano.

A medida “estabelece a representação local num universo digital global crescente e abrirá o nosso continente para oportunidades significativas de crescimento digital e económico para talentos, clientes e colegas do sector se unirem para resolver desafios de negócios e até sociais com criatividade”, disse o CEO Mike Abel num comunicado.

Ubuntuland está a ser desenvolvida pela Africarare e Mann Made Media e estará aberto à venda de terrenos públicos ainda este ano.

Entretanto, o centro virtual também se destina a abrigar a maior colecção de arte contemporânea africana da colecção M&C Saatchi, hospedar experiências desportivas e de entretenimento, estabelecer uma plataforma de código aberto para partilhar habilidades e aprendizados e hospedar workshops de agências de todo o M&C Saatchi Group.

@mcsaatchiabel

@mcsaatchigroup

@africarare

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês