African Owned: Tupuca, um exemplo de tecnologia social.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

 

Lançada ao mercado numa das piores alturas da história na economia nacional, derivada  pela baixa do preço do petróleo, o projecto empresarial contrariou as previsões, ganhou espaço,  mercado  e milhares de clientes, tornando-se referência para quem quer afirmar-se como empreendedor de sucesso . 

Criada pelos jovens angolanos Erickson Mvezi, Patrice Espírito Santo, Sydney Teixeira e Wilson Ganga, a empresa só opera, por enquanto, na capital do país. Com suporte as novas tecnologias a empresa nasceu em 2015 com a criação do “ Tupuca Drive”, o cliente tem acesso aos serviços utilizando um um smartphone, tablet ou computador, longo que o utente acciona tem acesso as opções de preços, menu de restaurantes, com esse ferramentas o cliente pode também indicar o locar onde quer receber a refeição.  Para além da refeições a empresa conta com seis linhas de atendimento, entre Saúde e Bem-estar (farmácias, massagem, floristas, estética, cosméticos e outros) e Tecnologia e Serviços (electrónicos, serviços televisivos, bem como peças e acessórios). Ainda incluindo os serviços de ride share da T’leva.

A empresa que é pioneira nesta linha de negócio em Angola foi Destinguida  com o prêmio Sirius de empreendedor do ano 2017, dois anos depois da sua criação. Hoje a Tupuca conta com mais de 250 parceiros,  e essa cifra disparou com o surgimento da covid-19, pois com o isolamento social as pessoas preferem receber as suas refeições ou outros serviços na comodidade da sua residência e a Tupuca oferece tais serviços. O estado actual fez com que a procura pelos serviços da Tupuca disparasse a 500%,, saindo de 200 parceiros para mais de 250 e tendo mais de 500 na lista des espera. A estes serviços juntaram-se nos últimos meses os supermercados e hipermercados. Ao juntar os meios da Tupuca e da T’leva a  frota atinge já os 300 carros divididos pelas duas plataformas, sobretudo elétricos, além de 90 motas.

O serviço de entrega da Tupuca é feito com motorizadas, vários jovens estão espalhados por vários pontos de produção (restaurantes, supermercado, hipermercados, farmácias e similares) que aguardam a todo instante por uma mensagem ou ligação, para entregar no tempo indicado milhares de encomendas. O custo de entrega da empresa varia entre 5 a 15 por cento do valor do produto ou refeição a ser entregue.

Desde a sua fundação, a empresa jamais saiu da rota do sucesso. São centenas de entregas por hora, milhares por semana. E com o surgimento da covid-19 esse sucesso emergiu vertiginosamente e só tende a crescer a cada dia que passa… Concorda que temos um caso de tecnologia social ? Hoje a empresa é reconhecida não só nacionalmente, mas também em todo o continente africano. 

(Imagem: Erickson Mvezi, Patrice Espírito Santo, Wilson Ganga, fundadores da empresa TUPUCA )

 

 

 

 

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês