Como gerenciar o stresse a seu favor

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

1. Evite cafeína, álcool e nicotina.

Evite, ou pelo menos reduza, o seu consumo de nicotina e qualquer bebida que contenha cafeína e álcool. A cafeína e a nicotina são estimulantes e, assim, aumentam o seu nível de stress, em vez de reduzi-lo.

O álcool é um depressor quando tomado em abundantemente, mas age como um estimulante em quantidades menores. Portanto, usar o álcool como uma forma de aliviar o stresse não é útil.

Troque as bebidas com cafeína e bebidas alcoólicas por água, chás de ervas ou sumos de frutas naturais diluídos e mantenha-se hidratado, pois isso permitirá que seu corpo lidará melhor com o stresse.

 

2. Pratique Actividade Física

Situações stressantes aumentam o nível de hormónios do stresse, como adrenalina e cortisol no seu corpo.

Estes são os hormónios de “luta ou fuga” que a evolução criou nos nossos cérebros e são projectados para nos proteger de danos corporais imediatos quando estamos sob ameaça. No entanto, o stresse na idade moderna raramente é remediado por uma resposta de luta ou fuga, e assim o exercício físico pode ser usado como um substituto para metabolizar os hormónios do stresse excessivo, produzindo neurotransmissores que ajudam restaurar o seu corpo e mente para um estado mais calmo e relaxado.

 

3. Durma mais

A falta de sono é uma causa significativa de stresse. Infelizmente, porém, o stresse também interrompe o nosso sono, enquanto os pensamentos continuam a girar nas nossas cabeças, impedindo-nos de relaxar o suficiente para adormecer.

Em vez de depender de medicação, o seu objectivo deve ser maximizar o seu relaxamento antes de dormir. Certifique-se de que o seu quarto é um oásis tranquilo, sem lembranças das coisas que causam stresse. Evite cafeína durante a noite, bem como álcool excessivo.

4. Experimente algumas técnicas de relaxamento

Diariamente, tente relaxar com uma técnica de redução do stresse. Existem muitas maneiras experimentadas e testadas para reduzir o stresse, então tente algumas e observe o que funciona melhor para si.

Por exemplo, tente a meditação, o que é muito fácil e pode ser feito em qualquer lugar, mesmo na sua mesa ou no carro. Uma técnica muito simples é se concentrar em uma palavra ou frase que tenha um significado positivo para si. Palavras como “calma”, “amor” e “paz” funcionam bem, ou pode pensar em um mantra auto-afirmativo como “Mereço calma na minha vida” ou “Conceda-me serenidade”.

 

5. Fale com alguém

Conversar com alguém sobre como se sente pode ser útil. Falar pode funcionar, seja distraindo-o dos seus pensamentos stressantes ou liberando parte da tensão acumulada, discutindo-a.

O stresse pode obscurecer o seu julgamento e impedir que observe as coisas com clareza. Conversar com um amigo, colega de trabalho ou com um profissional habilitado como um psicólogo pode ajudar a encontrar soluções para o seu stresse e colocar os seus problemas em perspectiva.

 

6. Mantenha um diário de stress

Manter um diário por algumas semanas é uma ferramenta eficaz de gestão do stresse, visto que o ajudará a se tornar mais consciente das situações que o deixam stressado.

Anote a data, hora e local de cada episódio stressante, e observe o que fazia, com quem estava e como se sentia fisicamente e emocionalmente. Dê a cada episódio stressante uma classificação de stresse (por exemplo, em uma escala de 1 a 10) e use o diário para entender o que desencadeia o seu stresse e a sua eficácia em situações stressantes. Isso permitirá que evite situações stressantes e desenvolva melhores mecanismos para encarar a situação.

 

7. Assuma o controlo

O stresse pode ser desencadeado por um problema que pode parecer impossível superficialmente. Aprender a encontrar soluções para os seus problemas ajudará a se sentir mais no controlo, diminuindo assim o seu nível de stresse.

Uma técnica de solução de problemas envolve anotar o problema e criar o máximo de soluções possíveis. Decida os pontos bons e maus de cada um e seleccione a melhor solução. Anote cada passo que precisa dar como parte da solução: o que será feito, como será feito, quando será feito, quem está envolvido e onde será realizado.

 

8. Gerencie o seu tempo e reduza o stress

Às vezes, todos nos sentimos sobrecarregados com a nossa lista de tarefas e essa é uma causa comum de stresse. Aceite que não pode fazer tudo de uma vez e comece a priorizar as suas tarefas.

Faça uma lista de todas as coisas que precisa fazer e liste-as em ordem de prioridade genuína. Observe quais tarefas precisa fazer pessoalmente e o que pode ser delegado a outras pessoas para fazer. Registe quais tarefas precisam ser feitas imediatamente, na próxima semana, no próximo mês ou quando o tempo permitir.

Ao editar o que pode ter sido iniciado como uma lista de tarefas esmagadora e incontrolável, pode dividi-lo numa série de tarefas menores e mais gerenciáveis ​​espalhadas por um longo período, com algumas tarefas removidas da lista totalmente através de delegação.

 

9. Aprenda a dizer “não”

Uma causa comum de stresse é ter muito a fazer e muito pouco tempo para fazê-lo. No entanto, nesta situação, muitas pessoas ainda concordam em assumir responsabilidades adicionais. Aprender a dizer “não” a solicitações adicionais ou sem importância ajudará a reduzir o seu nível de stresse e também poderá ajudá-lo a desenvolver mais autoconfiança.

 

10. Descanse quando estiver cansado

Se estiver se sentindo mal, não sinta que precisa seguir. Um curto período de descanso permitirá que o corpo se recupere mais rapidamente.

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês