David Beckham diz haver “trabalho a ser feito” no combate à homofobia no futebol

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

David Beckham disse acreditar que “ainda há trabalho a ser feito” para superar a homofobia no futebol.

“Joguei por 22 anos, vi muito racismo e homofobia e penso que isso mudou”, disse ele ao The Londoner’s Diary. “Mas ainda há muito trabalho a ser feito.”

Jake Daniels, atacante do Blackpool FC, se assumiu recentemente, tornando-se o primeiro jogador de futebol profissional masculino abertamente gay da Grã-Bretanha.

Ele foi o primeiro jogador de futebol do país a se assumir desde Justin Fashanu em Outubro de 1990.

“É uma pena que, quando alguém sai do armário, seja uma coisa tão estranha”, explicou Beckham, referindo-se a Daniels. “Sempre me senti assim quando alguém se assume… não deveria ser”.

@davidbeckham

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês