Divo of The Week: Paulo Flores

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Paulo Flores nasceu em 1972 e é um músico angolano. O artista nasceu em Luanda e passou parte da infância em Lisboa. A sua música é maioritariamente escrita em português embora parte seja na língua kimbundu. A sua música é maioritariamente de intervenção social, abordando as adversidades da vida angolana, a guerra e a corrupção.

 

Paulo Flores é um ícone do semba e algumas das suas músicas foram apresentadas no filme francês La Grande Ourse . Em Abril de 2007 actuou na primeira Trienal de Luanda e a 4 de Julho de 2008 Paulo Flores actuou num concerto no estádio dos coqueiros com cerca de 25.000 pessoas. No final de julho / início de agosto de 2009 ele se apresentou na abertura do Luanda International Jazz Festival.

A sua música, carisma, forma de ser e estar fazem com que “Ti Paulito” como é carinhosamente tratado, seja um dos cantores mais admirados não só pela nova geração como também por músicos da sua época e contemporâneos.

Discografia

  • Kapuete Kamundanda , 1988
  • Sassasa , 1990
  • Thunda Mu N’jilla , 1992
  • Brincadeira Tem Hora , 1993
  • Inocenti , 1995
  • Canta Meu Semba , 1996
  • Perto do Fim , 1998
  • Recompasso , 1999
  • Xé Povo , 2003
  • The Best , 2003
  • Quintal do Semba , 2003
  • Vivo , 2005
  • Ex-Combatentes , 2009
  • Ex-Combatentes Redux , 2012
  • O País Que Nasceu Meu Pai , 2013                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              Além dessa obras, Paulo Flores continua a lançar outros trabalhos discográficos, e recentemente lançou uma obra com Prodígio, do grupo Força Suprema.

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês