Jogadores brancos da NFL raramente assinam com agentes negros: Um obstáculo para a equidade dentro do desporto?

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A história decorreu no ano passado, quando 17 das 32 escolhas do primeiro turno foram representadas por agentes negros. Mas esse progresso vem com um asterisco, dizem os agentes negros: “a maioria ainda não tem um único cliente branco nas suas listas.”

“Eles vão com quem eles se sentem mais confortáveis,” Greg Linton a justificar as “preferências” dos jogadores brancos representando os seus agentes. “Mesmo perto de atletas negros, eles simplesmente não se relacionam com agentes negros.” ⁠Continuou.

 

O draft deste ano oferece um contraponto: não apenas o quarterback Trevor Lawrence se comunicou com os agentes negros depois de se declarar para o draft: ele escolheu um. Lawrence, amplamente esperado como a escolha nº 1, selecionou a MGC Sports como seu representante.

Enquanto Jay Courie, que é branco, representa Lawrence como seu agente principal, Sean Howard, um homem negro, que anteriormente tinha o par de brancos na primeira rodada, está listado entre os três outros agentes no Acordo de Representação Padrão.⁠

 

Por: Bruna Guilherme

Fonte: Instagram. washingtonpost

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês