Kanye West denuncia a homofobia na comunidade negra e no Hip-Hop em uma entrevista em 2005

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma entrevista de Kanye West em 2005 onde o rapper denuncia a homofobia na comunidade Hip-Hop e negra em geral, surge em meio à controvérsia sobre os discursos homofóbicos e declarações depreciativas de DaBaby sobre viver com pessoas com HIV/AIDS.

Na entrevista à MTV, West relata ter sido intimidado com calúnias homofóbicas e a discriminação normalizada de pessoas LGBTQ+ que ele testemunhou em sua profissão. O rapper, defende apaixonadamente a comunidade LGBTQ + e chama a atenção para a discriminação na indústria do Hip-Hop, lembrando aos seus colegas que pessoas LGBTQ + tal como a comunidade negra costumam ser social e sistematicamente marginalizadas e discriminadas.

No vídeo, West também revelou que no ensino médio, as pessoas costumavam usar a palavra “gay” como um insulto e frequentemente perguntavam se ele era gay, o que o fazia sentir-se homofóbico: “Se você vê algo e não quer ser assim porque há uma conotação negativa em relação a isso, você tenta separar-se tanto disso, que me tornou homofóbico quando terminei ensino médio.” disse o rapper. Mas para West, apesar das influências sociais que impactaram a sua opinião quando adolescente, ele mais tarde mudou de idéias ao saber que seu ente querido era gay: “Lembro que um dos meus primos disse-me que um outro primo era gay, e aquele momento foi o ponto de mudança em que eu pensei, ei, este é meu primo, eu o amo. Tenho discriminado gays. O que eu faço? Discrimino o meu primo? E então eu mudei,” disse ele, deixando bem claro que, respeitar todas as formas de existir é entender que a diversidade só é positiva.

O vídeo de 2005 ainda é um caso raro de um artista negro de Hip Hop que fala sobre a tensão dentro da comunidade em torno das pessoas e questões LGBTQ+.

Antes de enfrentar a reacção comercial e perder reservas, DaBaby dobrou para baixo em seus comentários e emitiu apenas uma série de desculpas relutantes por suas declarações ofensivas. Muitos nomes proeminentes na comunidade do entretenimento, como T.I. e Boosie apoiaram os comentários de DaBaby em nome da liberdade de expressão.

Por: Bruna Guilherme

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês