Morreu o último sobrevivente do Bob Marley & The Wailers

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Bunny Wailer foi um ícone do Reggae. Até esta segunda-feira, era o último elemento que sobrava da formação original do Bob Marley & The Wailers. O músico morreu aos 73 anos.

De acordo com o site Stereogum, a icónica figura do Reggae estava no hospital a se recuperar do seu segundo derrame, desde o ano passado. Entretanto, a notícia sobre o seu passamento físico foi avançada sem qualquer outro deralhe.

Bunny tocava percussão e ficou famoso desde os anos 60 quando, com Bob Marley, começou a gravar ao lado de Peter Tosh, produzindo singles clássicos como “Simmer Down”.

Natural de Neville O’Riley Livingston, Jamaica, foi de Bob Marley que Bunny ganhou o apelido “Bunny Wailer”. Os dois músicos eram, desde a infância, quase que irmãos.

Antes de embarcar para a carreira a solo, em 1982, Bunny Wailer gravou, em 1973, o clássico álbum “Catch a Fire”, que inclui o hit “Stir It Up”.

Com seus sucessos individuais, conquistou três Grammy de melhor álbum de Reggae nos anos 1990: primeiro, por uma coletânea de tributos a Bob Marley, “Time Will Tell”, em 1991; depois, por “Crucial! Roots Classics”, em 1995; e, por fim, por “Hall of Fame”, outro tributo a Marley, em 1997.

Sucesso este que viria durar até 2018, com o lançamento do disco “Dub Fi Dub”.

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês