Museu dos Divos: Estrelas que continuaram a brilhar para sempre

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Quando faltam menos de 48 horas, para terminar o ano de 2020, e começarmos um novo ano. Aumenta em nós  a vontade de beijar e abraçar, aqueles que nós motivam a viver, e a continuar a nossa trajectória de vida, neste mundo onde todos nós estamos de passagem. 

Como diz o velho ditado, “A  única certeza que temos na vida, é que um dia iremos partir”! Mais, apesar disso, ninguém está preparado para perder: um amigo, ídolo, admirador, familiar, companheiro, ou mesmo a pessoa amada, quando a morte nos bate a porta. Por este motivo a “Divo”, lhe vai fazer recordar algumas estrelas que partiram para o céu, mais que continuaram a brilhar para sempre nas nossas memórias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Kobe Bryant feijão – nasceu na Filadélfia no dia 23 de Agosto de 1978, foi um jogador de basketball americano, com mais de 20 anos de carreira.  Bryant ganhou cinco campeonatos da NBA e foi um All-Star 18 vezes,  jogador mais valioso da NBA  “MVP” de 2008 e duas vezes MVP das Finais da NBA, entre outras premiações .

Em 2006, marcou 81 pontos, o recorde da sua carreira; Mais, devido o declínio físico aposentou-se  após a temporada 2015/2016. Em 2018, ganhou o Oscar de Melhor Curta de Animação pelo seu filme de 2017, “Dear Basketball”. Bryant morreu no dia 26 de Janeiro de 2020, aos 41 anos, em um acidente de helicóptero em Calabasas – Califórnia.

 

Eduardo Galvão  – foi actor brasileiro, nasceu no dia 19 de Abril de 1962.  Já fez parte do elenco da Rede Gloco, com a sua participação no programa Caça Talentos, ao lado da apresentadora Angélica. Eduardo morreu no dia 7 de dezembro de 2020, aos 58 anos, vítima do COVID-19. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Chadwick Aaron Boseman – nasceu no dia 29 de novembro de 1976, foi actor e dramaturgo americano. Foi indicado ao “Prêmio Jeff”,  como dramaturgo por Deep Azure

Despertou o carinho internacional,  após interpretar o super herói “Black Panther” no Marvel Cinematic Universe “MCU” de 2016 a 2019. Foi ainda vencedor dos prêmios: “NAACP”  Image de Melhor Actor em um Filme e Prêmio Screen Actors Guild de Melhor Desempenho de Elenco em um filme. Enquanto, o primeiro actor negro a estrelar em um filme “MCU”, foi ainda nomeado para 2018 Time 100. Em 2016, Boseman foi diagnosticado com câncer de cólon, doença a qual, provocou a sua morte no dia 28 de Agosto de 2020.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Emmanuel N’Djoké “Manu” Dibango – foi músico e compositor camaronês, que nasceu no dia 12 de Dezembro de 1933. Além da sua melancólica voz, também demostrava o seu talento tocando, instrumentos musicais, como: Saxofone e Vibrafone. Ele cantava baseado no estilo jazz, funk e música tradicional dos Camarões. Dibango foi mais conhecido, pelo seu single de 1972, intitulado ” Soul Makossa“. O músico foi também uma das vitimas da Covid – 19, no dia 24 de Março de 2020.

Diego Armando Maradona  – nasceu no dia 30 de Outubro de 1960, foi  jogador e treinador  de futebol argentino. Considerado um dos maiores jogadores da história do fotebool, foi um dos dois ganhadores do prêmio FIFA Jogador do Século XX.

Apelidado como ” El Pibe de Oro ” , ou seja “O Menino de Ouro”, jogou em clubes, como: Argentinos Juniors, Barcelona, ​​Napoli, entre outros. O jogador disputou quatro Copas do Mundo FIFA, incluindo a Copa do Mundo de 1986 no México, e venceu a Bola de Ouro, como melhor jogador do torneio.  Maradona morreu no dia 25 de Novembro de 2020, aos 60 anos, após uma parada cardiorrespiratória em sua casa.

 

 

 

 

 

 

Waldemar dos Santos Alonso de Almeida Bastos – nasceu no dia 4 de janeiro de 1954, em Angola. Conhecido pelas suas canções, intituladas: “A Velha Chica” e “Sofrimento”.  Bastos foi galardoado com o prémio de “New Artist of the Year nos World Music Awards em 1999”. O músico morreu em Lisboa, vítima de cancro, aos 66 anos. “4 de Janeiro de 1954 – 9 de Agosto de 2020”. 

Sindika Dokolo nasceu em Kisnshasa no antigo Zaire, actual República Democrática do Congo, no dia 16 de Março de 1972 . Foi colecionador de arte e empresário. Sindika detinha uma das mais importantes colecções de  arte contemporânea africana, com cerca de três mil obras. Dokolo faleceu em 29 de outubro de 2020, aos 48 anos de idade, no Dubai.

Pierre Cardin, estilista françês, nasceu na Itália em 1922, mas mudou-se para a França ainda criança. Ele começou sua carreira na moda em Paris trabalhando para firmas como Schiaparelli e Dior, e desenhou os figurinos para o filme de Jean Cocteau, A Bela e a Fera. Cardin foi conhecido por ajudar a desenvolver o mundo da moda, com os seus designs futuristas e elegantes nas décadas de 1950 e 60. Pierre Cardin, morre hoje 29 de Dezembro de 2020, no hospital em Neuilly, perto de Paris, aos 98 anos. 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês