Nike rasga contrato de patrocínio de Greenwood após suspeitas de violação 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Nike avançou para a rescisão unilateral do contrato de patrocínio que mantinha com Mason Greenwood, após o jogador do Manchester United ter sido detido por suspeitas de violação e violência, fruto das denúncias de uma antiga companheira.

Um porta-voz da empresa norte-americana de equipamento desportivo confirmou, esta Segunda-feira, ao portal britânico The Athletic, que o internacional inglês de apenas 20 anos “já não é um atleta da Nike” devido a este episódio.

O avançado dos red devils continua, assim, numa autêntica ‘queda livre’, já que, desde o sucedido no final do passado mês de Janeiro, foi suspenso pelo próprio clube e viu o seu nome ser retirado de videojogos como as franquias ‘FIFA’ e ‘eFootball’. 

Mason Greenwood, recorde-se, esteve detido para interrogatório durante dois dias, tendo sido libertado pelas autoridades policiais da região de Greater Manchester mediante o pagamento de uma fiança.

 

@masongreenwood

@nike

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês