Pais solos: Homens que criam seus filhos sozinhos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Na sociedade em que vivemos é muito frequente vermos casos de mães que criam seus filhos sozinhas. ÉÉ muito mais comum vermos relatos  de pais ausentes do que mães ausentes, por diversos motivos, mas principalmente por uma cultura que nos é imposta há muitas gerações. E há quem diga que é pelo coração de uma mulher ,por natureza a mulher jamais abandona a sua cria, pelo facto de a ter gerado ou pelo simples facto de a ter carregado no ventre por 9 meses.

 

Mas as exceções existem e não é só porque  estão em menor número que devemos ignorá-las . Na verdade, os pais solteiros ou solos existem, e há circunstâncias em que por algum motivo a mãe também abandona o seu filho, apesar de estarmos mais habituados a ouvir falar em fuga a paternidade e não fuga a maternidade, há  muitas coisas a serem faladas sobre a vida e as dificuldades de um pai solo ou solteiros. Estes existem, em pouca escala mais estão presentes na nossa sociedade, alguns por se tornarem viúvos, outros por se separarem, outros pelo simples facto de escolherem geral os seus filhos através de uma barriga de aluguel, como foi o caso do craque de futebol Cristiano Ronaldo.

Sem dúvidas é um momento de choque quando um homem percebe que precisará cuidar sozinho do seu filho ou filha. Por mais que ele tenha se preparado para ser um pai, ser um pai solo ou solteiro acarreta em uma mudança drástica na vida de um homem. Alguns contratam babas, outros têm de por a mão na massa. Como repórter de informação em uma estação televisiva do país, contei uma história de um pai no Zango, um dos bairros de Luanda, que foi abandonado pela esposa e com ele foram deixados 3 filhos inclusive uma bebê de 3 meses, esse é um dos exemplos de um pai solo que se vê obrigado a cuidar sozinho dos seus filhos. 



Se para as mulheres essa mudança para acontece como uma forma acelerada de crescimento, imagina para os homens, ser pai já é um sinônimo de crescimento como ser pai claro, agora ser pai solteiro ou solo e perceber que vai cuidar sozinho do seu filho ou filha sem ajuda da mãe é uma responsabilidade acrescida por cima do “crescimento”. Geralmente nessas ocasiões o pai se torna o ponto de referência mais forte para ela, a pessoa em quem ela mais confia e que transmite maior segurança a ela. Não é à toa que vemos muitos pais que criam seus filhos sozinhos que possuem muitas características que costumamos atribuir mais as mães, como a superproteção. Ele acaba fazendo o papel dos dois no fim das contas.

A verdade é que não existe no imaginário social a idea de que homens possam cuidar sozinhos de seu filhos, mas muitos de nós ficaríamos surpresos  ao acessar esses números, infelizmente há poucos estudos sobre o tema,  e mesmo que seja complexo acessar estatísticas é coerente afirmar que  essa realidade existe e sempre existiu.

  

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês