SPOTIFY REMOVEU MÚSICAS DE NEIL YOUNG DO SERVIÇO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As músicas do cantor canadiano foram retiradas da plataforma de streaming após o artista ter protestado contra a reprodução de podcasts polémicos no Spotify, acusando a companhia de desinformação sobre a Covid-19, foi anunciado na Quarta-feira.

Em comunicado, o Spotify disse lamentar a decisão de Neil Young, no intuito de “recebê-lo de volta em breve”.

Neil Young pediu na Segunda-feira publicamente ao seu empresário e à sua editora que removessem a sua música do serviço de streaming, onde tem mais de seis milhões de ouvintes mensais, segundo a sua página inicial do Spotify.

“Estou a fazer isto porque o Spotify está a propagar informações falsas sobre vacinas – potencialmente a provocar a morte daqueles que acreditam na desinformação que estão a disseminar”, escreveu na Terça-feira o autor de “Heart of gold” e “Harvest moon” em comunicado.

Entretanto, no texto, o artista de 76 anos pediu que todas as suas músicas fossem retiradas, por causa dos polémicos podcasts de Joe Rogan.

 

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês