Thom Browne vence julgamento contra Adidas, após uma série de processos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Adidas processou a marca Thom Browne do designer nova-iorquino em 2021, alegando que os padrões de quatro barras e riscas “Grosgrain” da Thom Browne nos seus sapatos e vestuário activo de alta gama violavam os seus direitos de marca registada de três riscas.

 

No entanto, o júri considerou que os desenhos das riscas paralelas da maison de moda não eram susceptíveis de causar confusão aos consumidores com os produtos da Adidas, terminando assim um julgamento que começou no dia 3 de Janeiro. Thom Browne tinha argumentado que, entre outras coisas, os seus desenhos têm um número diferente de riscas.

 

Thom Browne disse que a confusão entre os desenhos das empresas era improvável porque estas “operam em mercados diferentes, servindo clientes diferentes, e oferecem os seus produtos a preços surpreendentemente diferentes”. Também disse que as riscas são um elemento de design comum ao vestuário.

 

@thombrowne

@adidas

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês