Timeless: Yves Saint-Laurent

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Este é um dos mais famosos designers de moda do mundo. Yves Saint-Laurent, inclusive a sua vida acabou por se tornar um filme, lançado em 2014 e estrelado por Gaspard Ulliel no papel de Yves Saint-Laurent.

Com a morte do famoso fundador da marca — Christian Dior — Saint-Laurent assume a direcção artística da casa. Costureiro decide criar a sua própria casa de moda em parceria com Pierre Bergé e com o apoio de um financiador americano. A primeira colecção que carrega o nome da sua marca foi lançada em 1962.

Biografia 

Yves Henri Donat Mathieu-Saint Laurent (1936 – 2008) foi um designer de moda francês, fundador da marca Saint Laurent, e um dos nomes mais significativos da alta-costura do século XX.

Nascido na Argélia, então possessão francesa, St. Laurent era filho do presidente de uma companhia de seguros e o seu gosto pela moda lhe foi desperto pela mãe. Aos 17 anos, deixou a casa dos pais para trabalhar com o estilista Christian Dior, de quem herdou o controle criativo da casa Dior após a morte do seu mentor em 1957, com apenas 21 anos, e assumiu o desafio de salvar o negócio da ruína financeira.

Pouco após conseguir sucesso no objectivo, St. Laurent foi convocado para o exército francês, durante a Guerra de Independência da Argélia. Após 20 dias, o stresse de ser maltratado e ridicularizado pelos colegas soldados levaram-no a ser internado num hospital mental em França, onde ele foi submetido a tratamento psiquiátrico, incluindo terapia por electrochoques, devido a um esgotamento nervoso.

Voltando à vida civil, em, 1962 St. Laurent saiu da Dior e em conjunto com Pierre Bergé fundou a sua própria marca, Yves Saint Laurent. O casal se separaria afectivamente em 1976, mas continuariam parceiros de negócios por mais de trinta anos.

Nos anos 60 e 70, a marca se tornaria conhecida em todo o mundo pela sua praticidade conjugada com sofisticação, com o ponto alto da sua criatividade no lançamento do smoking feminino, que permitiria dali em diante às mulheres trabalharem de calças compridas. Em 1966, foi o primeiro a popularizar o Prêt-à-porter, a moda de bom gosto e bom corte, a preços mais acessíveis que a alta-costura, em sua boutique Rive Gauche, em Paris. Foi também o primeiro estilista do mundo a usar manequins negras em desfiles de moda. 

 

SUBSCREVA HOJE

Tenha acesso às notícias dos famosos
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês